Skip to content

Ciclopes

Cíclope
Cíclope. Imagem de Jarrod Owen

Os ciclopes são gigantes de um só olho, muito fortes, teimosos e emocionalmente abruptos. Seu único olho é enorme e se situa no centro de sua testa. A este olho são atribuídos poderes especiais, já que pode desintegrar quase qualquer coisa com seu olhar.

Segundo a mitologia grega existem duas gerações de ciclopes:

  • A primeira geração foi formada por 3 irmãos, que foram chamados de os “Artesãos Principais”
  • A segunda foi formada por um grupo de ciclopes que viviam na Sicília.

A primeira geração de ciclopes era formada pelos irmãos: Arges (Resplendor), Brontes (Trovão) e Steropes (Relâmpago). Estes 3 ciclopes eram, junto aos titãs e os gigantes das cem mãos, os filhos de Gaia e Urano. Se converteram nos ferreiros forjadores do Olimpo dos Deuses dadas as suas grandes aptidões para trabalhar o metal. Também forjaram o raio de Zeus.

Urano, quem odiava seus descendentes, manteve os ciclopes presos no interior de Gaia (A deusa Terra) até que foi abatido por outro filho seu: Cronos (um titã). Cronos temia o poder dos imensos ciclopes e os manteve aprisionados. Foi Zeus quem libertou os ciclopes e estes, com seus raios, ajudaram Zeus a vencer os Titãs.

A segunda geração de ciclopes eram os descendentes de Poseidon e não possuíam a habilidade para a metalurgia de seus antecessores. Se dedicavam a pastorear na Sicília, onde viviam sem leis.


Ciclope rastreando. Imagem de Tribehou Nicola

O mais famoso destes ciclopes foi Polifemo, um dos protagonistas da Odisseia de Homero. Esta história nos conta que Polifemo era especialmente cruel e conseguiu capturar Ulisses e seus doze companheiros e os encerrou numa caverna para comê los vivos. Com o passar dos dias alguns homens foram devorados, até que Ulisses embriagou o ciclope com vinho doce e esperou até que este caísse no sono, nesse momento o atacou e feriu o seu único olho. Ao dia seguinte, com o ciclope praticamente cego, conseguiram escapar camuflados entre um rebanho de cabras.

Se você gostou, não esqueça de avaliar o artigo

Avaliação: 4.4/5 (5 votos)
Por favor, ajude-nos a compartilhar esta página em suas redes sociais para que possamos alcançar mais pessoas que precisam de nossa ajuda nesses temas. Você só precisa clicar em um dos botões abaixo. Obrigado!

Participa, deixe seu comentário