Skip to content

Fogos fátuos

Fogos fatuos
Fogos fatuos. Imagen de Duncan Halleck

O fogo fátuo é um ser perverso, de natureza ótica, que habita pântanos e cenagais.

Sua aparência é a de uma bola de luz com um brilho débil, podem ser confundidos facilmente com artigos de iluminação. Os fogos fátuos podem mudar de forma e de cor como queiram.

Voam em velocidades incríveis e podem flutuar, imóveis, o tempo que precisem. Podem mover-se na velocidade da luz.

Os fogos fátuos medem cerca de um metro e possuem uma inteligência excepcional. Raramente lutam com seus oponentes, preferem enganá-los e atraí-los a um pântano para que este se afogue ou seja engolido pelo barro. Quando combatem sua luz torna-se azul, verde ou lilás. Usam uma poderosa carga elétrica para atacar seus oponentes, quando necessário.

Fogos fatuos. Imagem de Thomas Pelouze

Seu sistema de comunicação tem como base a intensidade da luz; emitem reverberações de luz em diferentes intensidades que só podem ser vistas por outros fogos fátuos. Para comunicar-se com outros seres vibram tão rapidamente que conseguem emitir sons fantasmagoricos.

Se alimentam da energia que desprendem os cérebros de suas vítimas quando percebem que são presas da morte. Conduzem suas vítimas a pântanos e zonas de areia movediça para que suas mortes sejam mais largas e aterradoras.

Os fogos fátuos são muito resistentes à magia, apenas alguns feitiços podem afetá-los.

Se você gostou, não esqueça de avaliar o artigo

Avaliação: 4.7/5 (3 votos)
Por favor, ajude-nos a compartilhar esta página em suas redes sociais para que possamos alcançar mais pessoas que precisam de nossa ajuda nesses temas. Você só precisa clicar em um dos botões abaixo. Obrigado!

Participa, deixe seu comentário